Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Nas Nuvens de Um Terceiro Andar

Sex | 08.11.19

Desafio de escrita dos pássaros #9

Acordaste nu, sem te recordar de nada, numa ilha deserta

Nuvem

transferir.jpg

Estou nauseado. Dói-me a cabeça, parece que levei uma tareia daquelas!...

Começo por abrir os olhos, muito a custo e...estou todo nú! Mas afinal..o que é que se passa???

Tento fazer um esforço para me tentar lembrar de como foi que fui ali parar mas, parece uma névoa, não me lembro de nada... ou melhor, lembro-me que era passagem de ano. Estava na festa com a Carolina, a minha namorada, no navio cruzeiro que nos levaria até aos EUA. Bebemos um pouco mas nada de especial. Estava prestes a ser meia-noite e eu...não me lembro de mais! Agora já e de dia e estou rodeado de água, num sítio que parece ser uma ilha. Mas não vejo nada nem ninguém, para além de mar e algumas palmeiras lá atrás!

Espera...tenho a minha roupa aqui caída ao pé de mim. Mas como é que eu vim aqui parar assim?? E onde estão todos, a Carolina? Deve estar preocupadíssima comigo! Estava cheio de fome mas ao mesmo tempo tão nauseado que só de pensar em comer perdia a vontade!

 

Carlos começou a vestir-se com a esperança de ir procurar ajuda e, quando ia para vestir a camisa branca que cuidadosamente tinha escolhido para aquela ocasião, reparou em letras escritas com batom:

"Talvez numa ilha sozinho percebas que quem ama não trai. Ass: Carolina"

 

A cabeça dele rodou... de repente lembrou-se. Estava a fazer olhinhos a uma rapariga que estava também no barco e foi até ao quarto dela. Beberam algumas taças de champanhe e começaram a despir-se. Amava Carolina mas perdia a cabeça com mulheres bonitas…

 

Acabou ali. Sozinho. Nú. Sem saber o que ela teria feito com ele. Mas a saber que estava perdido. Literalmente!

 

6 comentários

Comentar post