Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Nas Nuvens de Um Terceiro Andar

Sab | 21.08.21

À Conversa nas Nuvens - Sara Mieiro

Nuvem

A Sara Mieiro é um dos testemunhos mais ativos pelas redes sociais da ansiedade e da depressão pós-parto. Viveu-os na primeira pessoa e nunca teve medo de falar disso. É nas palavras que encontra forma de mostrar que, apesar de tudo, pode-se ser feliz. E que não há nada que dure para sempre, apenas a nossa capacidade de ser feliz.

Hoje, a Sara vem até às nuvens..e é um gosto recebê-la!

 

sara mieiro.jpg

 

Criaste o instagram “mãe de quarentena” numa altura que a maioria de nós passava pelo primeiro confinamento… isso ajudou a ultrapassar esta fase mais difícil das nossas vidas?

Sim ajudou, eu criei para ajudar e ser ajudada e hoje em dia somos uma comunidade em que muitas dessas pessoas sofrem ou já sofreram de Crises de Ansiedade e Depressão.

 

Entretanto, contaste e deste voz a uma realidade dura: a depressão pós-parto e crises de ansiedade…

Precisava de falar daquilo que não queriam falar quando fiz a minha primeira crise, a Ansiedade é um assunto tabu que finalmente começa a ser falada.

 

A vitrina de falsidade que muitas vezes são as redes sociais é a mesma que usas para mostrar essa tua realidade. Tiveste medo de te expor desta maneira ou só pensaste que assim poderias ajudar alguém que estivesse a passar pelo mesmo?

Na altura realmente não pensei e só queria ajudar mas no inicio fui um pouco criticada e houveram pessoas que depois me pediram desculpa mas que acharam que queria chamar a atenção

 

Ouvir “tens de ser forte, tens uma bebé pequena que precisa de ti!”, fez o quê contigo? Sentiste que estavas a falhar enquanto mãe?

Sim uma das coisas que fazia nas crises era ter uma foto da minha família e olhar para ela.

 

Crês que muitos doentes ainda têm dificuldade em ser tratados pela vergonha, pelo medo de admitir que a sua saúde mental não está em pleno?

Sem dúvida a maior parte das pessoas não pede ajuda e muita da culpa é da sociedade.

 

O SNS continua, infelizmente, a não dar a resposta atempada aos tantos doentes com problemas de saúde mental. No teu caso, pensaste alguma vez em desistir?

Nunca pensei em desistir por isso recorri ao privado mas infelizmente sei de algumas pessoas que não o podem fazer porque a nível financeiro não é exequível.

 

Hoje, e infelizmente por vários casos recentes, começa a falar-se mais da importância da saúde mental. Mas ainda há muito a fazer e muitas mentalidades a mudar…

Sem dúvida e esta pandemia pelo menos ajudou a pensar mais na saúde mental e a dar a sua devida importância mas isto é um trabalho que ainda tem o seu tempo.

 

Passado todo este tempo dizes que continuas na luta. Esta luta tem que ser encarada como crónica, uma luta para a vida?

Estarei sempre na luta a diferença é que aprendi a aceitar a Ansiedade e tento lidar com ela, não contra ela.

 

Já recebeste mensagem de alguém que, pela força do teu testemunho, teve coragem de pedir ajuda, de admitir que não estava bem?

Sim já recebi de algumas pessoas.

 

Hoje, se pudesses dar um conselho à Sara que se sentia tão perdida, o que lhe dirias?

Ansiedade é uma fase, vai passar como tudo na nossa vida!

Obrigada. Muito obrigada!

 

A Sara é um poço de empatia imediata. Tem uma força incrível e, todos os que a seguem, reconhecem a importância do seu testemunho. A saúde mental é tão ou mais importante que a saúde física. É fundamental que se perceba que, não estarmos bem mentalmente, não faz de nós "maluquinhos". Faz de nós doentes a precisar de tratamento.

A Sara mostra-nos todos os dias que se pode dar a volta por cima. Que não ter medo de pedir ajuda salva-nos. Acreditar que somos capazes. Rodearmo-nos das melhores pessoas.

Seremos, assim, felizes.